Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Um novo conceito de agroindústria inaugura em FW

Delícias do Campo abre suas portas, em abril, oferecendo produtos saudáveis e diferenciados na linha de panificados, massas, bolos, biscoitos e muito mais. Delícias do Campo abre suas portas, em abril, oferecendo produtos saudáveis e diferenciados na linha de panificados, massas, bolos, biscoitos e muito mais.

Uma novidade está chegando em Frederico Westphalen e promete agradar aos mais diferentes gostos. Inaugura no próximo mês, a Agroindústria Delícias do Campo, na rua Garibaldi, bairro Faguense. São sócios-proprietários da empresa, Fidelis Piovesan, Eloí Bottezini Piovesan, Anderson Piovesan e André Piovesan.A Delícias do Campo vai produzir pães, cucas, bolachas, massas frescas e desidratadas, bolos, biscoitos e cupcakes. Entre os diferenciais da agroindústria, além da qualidade dos produtos está o investimento em um prédio totalmente planejado para abrigar a empresa, seguindo todas as normas da RDC nº 275 de 2002, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).– A estrutura será toda rústica, levando em consideração aspectos coloniais em que a nossa família está inserida. Sempre trabalhamos na lavoura e as receitas que vamos produzir são passadas de geração a geração, sempre incrementando novos ingredientes e sabores. Vamos trabalhar com ingredientes altamente saudáveis, para oferecer aos nossos clientes, alimentos de qualidade e com sabor incomparável –, garante um dos sócios, André Piovesan.No local – com espaço planejado para receber os clientes – será servido um delicioso café colonial aos sábados, com produtos da Delícias do Campo e de outras agroindústrias de Frederico Westphalen. “Queremos oferecer algo único aos visitantes, um lugar aconchegante e confortável. Vamos tentar proporcionar sensações para que as pessoas sintam-se parte do meio rural de FW e entendam a importância que a agricultura tem no desenvolvimento econômico e social do município”.QualidadeParalelamente a toda essa organização, a empresa também se prepara para aderir ao Selo Sabor Gaúcho, emitido pela Emater/RS-Ascar, que atesta a qualidade dos produtos e autoriza a sua comercialização em todo o Rio Grande do Sul. Outra aposta é a especialização na produção. As pessoas que vão trabalhar no setor fizeram cursos específicos no Centro de Treinamento da Emater/RS-Ascar em Bom Progresso e Erechim. “Vamos trabalhar em mais uma agroindústria legalizada no município, com organização, seriedade, planejamento, dedicação, produtos de alta qualidade e saudáveis”, finaliza André.Saiba maisAtualmente, Frederico Westphalen conta com 18 agroindústrias e realiza, pelo menos, três feiras anuais para o setor na praça da matriz, estimulando a comercialização. Para o secretário de Agricultura do município, Lauro Somavilla, o segredo para o sucesso destas empresas rurais é, justamente, o gerenciamento. “As agroindústrias precisam ter rentabilidade e, para isso, precisam adotar medidas de controle e gestão como qualquer atividade ou empresa”, pontua.A chefe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar em FW, Vera Cancian, reforça que a constituição da agroindústria permite a agregação de valor aos produtos, possibilitando o aumento da renda das famílias rurais e melhoria na qualidade de vida de seus integrantes. “A agroindústria possibilita uma alternativa rentável para as famílias permanecerem no campo, um exemplo que temos é a Agroindústria Delícias do Campo, a qual passa por um processo de legalização, e será um modelo de inovação na área”, afirma.  Jornalismo LAJosé Luiz QueirozColaboração: André Piovesan 

Mais notícias