Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

TRF-2 determina que Michel Temer volte à prisão

Ex-presidente diz que irá se apresentar 'voluntariamente' à Justiça nesta quinta

Por 2 votos a 1, a 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiu nesta quarta-feira (8) pela revogação do habeas corpus do ex-presidente Michel Temer e de João Baptista Lima Filho (Coronel Lima), sócio da Argeplan.

Em São Paulo, Temer disse que se apresentará "voluntariamente" à Justiça Federal, que teve uma "surpresa desagradável" e que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça.

Após a decisão, o alvará de soltura será recolhido e a 7ª Vara Federal Criminal, que determinou inicialmente a prisão, será oficiada para expedir os mandados de prisão preventiva.

A pedido da defesa, o TRF-2 informou que recomendará à juíza Caroline Figueiredo – que substitui o juiz Marcelo Bretas em suas férias na 7ª Vara – que permita que os dois se apresentem em São Paulo, onde vivem, em locais a serem determinados. A juíza também decidirá os locais para onde os presos serão levados.

Moreira e mais 4 em liberdade

Na mesma audiência, o ex-ministro e ex-governador do Rio Moreira Franco e os outros quatro acusados tiveram o habeas corpus mantido por unanimidade (veja quem são todos os réus abaixo). Os sete são acusados pela Lava Jato do Rio pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. (G1)

Mais notícias