Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Taquaruçu do Sul:Atividades escolares seguem à distância

Conteúdos são enviados em grupos de WhatsApp entre outras mídias para não atrasar o ano letivo
Foto: Reprodução Facebook / Escola Afonso Balestrin Foto: Reprodução Facebook / Escola Afonso Balestrin

Visando conter a propagação coronavírus (Covid-19), em Taquaruçu do Sul, as aulas presenciais estão suspensas desde a quinta-feira, 19 – assim como consta no Decreto Municipal nº15 de 17 de março de 2020. O Ministério da Educação (MEC) liberou, por meio de uma portaria publicada na quarta-feira, 17, no Diário Oficial da União, que as instituições de ensino podem as aulas presenciais pelo formato à distância. As instituições de educação básica seguiram orientações do Conselho Nacional de Educação, que esclareceu, em Nota, em 18 de março de 2020, sobre o desenvolvimento de atividades escolares, na modalidade domiciliar, como excepcionalidade prevista na LDB, dando instruções ao Conselho Municipal de Educação para providencias.

Orientados pela Secretaria Municipal de Educação, as escolas Afonso Balestrin e Pedacinho do Céu estão enviando através do WhatsApp e outras formas online, os conteúdos das aulas que seriam realizas, e assim, são evitadas as aglomerações e o atraso no ano letivo. A equipe diretiva de ambas as escolas organizaram, juntamente com os professores, a forma de envio das atividades, de forma que todos os estudantes possam ter em seus domicílios as atividades para serem desenvolvidas, e assim, garantir a presença. Na abrangência do município, a Escola Estadual José Zanatta, segue da mesma forma, orientada pela Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul (Seduc/RS), com atividades à distância.

A secretária da Educação, Arminda Almeida da Rosa, destaca que “o momento em que estamos vivenciando é único e complexo. Acima de qualquer assunto está à garantia da saúde das pessoas. As recomendações dão conta de cancelamento de aglomerações e assim das atividades escolares. Apesar disso, é preciso ter o compromisso da garantia dos direitos à educação, e as providencias são tomadas conforme recomendação amparada por lei. As atividades orientadas à distância pelos professores tem o objetivo de garantir o mínimo de qualidade para proceder à aprendizagem dos estudantes, o que torna imprescindível a efetiva participação e comprometimento também da família nesse momento ímpar. Os profissionais da educação de nosso município estão todos atentos também a atender os anseios das famílias, que pode ser feito por telefone, caso precisarem. E esperamos que logo possamos retornar as atividades normais sem maiores riscos.” disse Arminda.

Os pais que não foram incluídos no grupo de professores, entrem em contato no (55) 99724-0329. As aulas estão suspensas até 2 de abril, mas este prazo poderá ser prorrogado caso for necessário, por novo Decreto Municipal.

Fonte: Diego Macagnan

Mais notícias