Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Secretário de Saúde de Lajeado do Bugre é morto a tiros em bar

Suspeito foi preso em flagrante e quis ficar em silêncio. Polícia Civil investiga o caso. Prefeitura decretou luto oficial de três dias e ponto facultativo nesta segunda (10).

O secretário de Saúde de Lajeado do Bugre, Vilmar Brandão Alves, de 52 anos, foi morto a tiros na noite de domingo (9) em um bar no interior do município, que fica no Norte do Rio Grande do Sul. O suspeito do crime foi preso em flagrante.

Segundo o delegado Gustavo Fleury, o suspeito chegou ao bar e atirou contra um outro homem. Pessoas que estavam no estabelecimento chamaram a polícia. Quando a Brigada Militar chegou, o suspeito fugiu do local.

O delegado acrescentou que, depois disso, o suspeito retornou ao bar e matou a tiros o secretário de Saúde. Vilmar chegou a ser atendido, mas morreu no hospital de Palmeira das Missões. O outro homem não teve ferimentos graves e já recebeu alta.

"Vamos ouvir esse homem que foi ferido. Após o depoimento dele vamos ter mais detalhes", afirma Fleury.

Conforme a polícia, o preso tem termos circunstanciados assinados, por crimes de menor potencial ofensivo. Já o secretário tem antecedentes criminais por lesão corporal (2014), desacato (2012), ameaça (2004 e 2008) e tentativa de homicídio (1998).

O delegado acrescentou que o suspeito permaneceu em silêncio quando foi preso.

A Prefeitura de Lajeado do Bugre publicou uma nota, decretando luto oficial de três dias e ponto facultativo nesta segunda-feira (10). O município ainda comunicou sentimento de pesar aos amigos e familiares da vítima.

 

Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Lajeado do Bugre

Mais notícias