Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Reunião debate a implementação do curso de mediação de conflitos no contexto escolar

Foto: Ascom/ Prefeitura FW Foto: Ascom/ Prefeitura FW

No início dessa semana foi realizada na Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), uma reunião com o objetivo de apresentar e debater a implementação de um curso no município, referente a mediação de conflitos no âmbito escolar.

Estiveram presentes o prefeito José Alberto Panosso, a Secretária Municipal de Educação e Cultura (SMEC), Carmen Giovenardi, a Assistente Social da SMEC, Graziella Damo Fontoura e os representantes do Ministério Público, Rogério Fava Santos e João Pedro Togni, do Poder Judiciário, Mateus Fortes, da URI, César Riboli, Pablo Caovilla Kuhnen e Rosane de Fátima Ferrari e a presidente do Conselho Municipal de Educação (CME), Maria Cristina Aita.

De acordo com o Promotor de Justiça, Rogério Fava Santos, o Ministério Público juntamente com as Redes de Apoio à Escola (RAES), já vem realizando um trabalho de prevenção e resolução de conflitos no âmbito escolar. Por conta disso, de acordo com o promotor, foi constatada a necessidade de formar pessoas qualificadas e preparadas para mediar os conflitos que, porventura, virão a ocorrer nas escolas. Ainda de acordo com o promotor, a grande maioria destes conflitos podem ser resolvidos na base do diálogo e encaminhados para a rede de apoio.

O Juiz de Direito, Mateus Fortes se colocou à disposição para a implantação do curso de mediação no município de Frederico Westphalen, já que, de acordo com o magistrado, considera esta prática de grande importância e que vêm dando ótimos resultados em municípios que já possuem o programa da Justiça Restaurativa implementado.

Durante a reunião ficou acordado que a SMEC, juntamente com o Poder Judiciário, Ministério Público e URI irão articular a implementação do curso de mediação no município de Frederico Westphalen. O prefeito José Alberto Panosso ressaltou que a Administração Municipal irá fornecer um grande apoio para a implementação deste projeto.

Fonte: Ascom

Mais notícias