Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Região mobilizada para conclusão de ponte

Além de aporte financeiro da Creluz, 29 municípios da Amzop já sinalizaram apoio à demanda
FOTO - Márcia Sarmento FOTO - Márcia Sarmento

Em um prazo de 60 dias, que permitirá a conclusão dos guarda-corpos, cabeceiras e outras finalizações, como a secagem da pavimentação sobre o concreto, a ponte sobre o Rio da Várzea, entre Rodeio Bonito e Liberato Salzano deve ser finalmente concluída. A obra, que vai encurtar distâncias entre as regiões do Médio Alto Uruguai e Alto Uruguai, tem cerca de 160 metros de extensão está sendo construída pela empresa Traçado, vencedora da licitação.

Iniciado em 2014, o acesso foi aprovado pelo então Ministério da Integração Nacional, com orçamento inicial em torno de R$ 5,7 milhões. Como houve atraso no pagamento das parcelas, a empresa solicitou aditivo de R$ 522 mil, demanda que não será liberada pelo governo federal. Com a negativa, Liberato Salzano, através do prefeito Gilson De Carli, buscou apoio dos municípios da Amzop para aportar o recurso, bem como da Creluz, que já tinha envolvimento com o projeto desde a sua concepção.

Em audiência pública, realizada no mês de junho, na Fundaluz, em Pinhal, foi aprovada pelos gestores da região e comunidade, o auxílio dos municípios. Já a Creluz se comprometeu em repassar o valor restante. “Entre a elaboração do projeto, aquisição das terras e liberações ambientais, a cooperativa investiu R$ 502 mil e agora vai repassar mais R$ 272 mil. É uma demanda que vai ajudar toda a comunidade regional e também a Creluz, para darmos assistência aos associados que moram em Liberato Salzano. Decidimos fazer diferente do que aconteceu com outras obras no Estado, essa ponte será concluída”, reforçou o presidente da cooperativa, Elemar Battisti.

Veja a notícia completa em www.folhadonoroeste.com.br

*Márcia Sarmento - jornalista

Mais notícias