Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Rastreabilidade é tema abordado durante evento em Seberi

Evento faz parte da programação de aniversário de Seberi
 EMATER/RS - ASCAR  EMATER/RS - ASCAR

Durante o evento que celebra os 60 anos de Seberi, a Emater/RS-Ascar e Prefeitura reuniram produtores, nesta sexta-feira (31/05), na Câmara de Vereadores, com o objetivo de informar e promover o debate sobre o rastreamento de produtos vegetais frescos. Duas palestras sobre o assunto foram ministradas, uma apresentada pela Emater/RS-Ascar e outra pela Agência de Desenvolvimento do Médio Alto Uruguai (Admau). “A nossa intenção ao realizar essa atividade foi debater e realizar encaminhamentos em relação à Instrução Normativa Conjunta (INC) nº 02, emitidos pelo MAPA e Anvisa, em 28 de fevereiro/18, que institui a necessidade dos produtores, atravessadores, supermercados e outros membros da cadeia produtiva dos vegetais frescos (frutas, folhosas, legumes, raízes, tubérculos) que são utilizados para consumo humano, de garantir a rastreabilidade destes produtos. Esta Instrução Normativa Conjunta permite o acompanhamento de todo o caminho percorrido por estes vegetais até chegar aos supermercados, fruteiras, feiras e demais pontos de comercialização, para que, caso a Anvisa encontre resíduos de agrotóxicos fora dos padrões permitidos, possa chegar até os responsáveis. Todos os membros da cadeia produtiva deverão garantir a rastreabilidade, que contém informações sobre os produtores e os compradores, nome, endereço, espécie, variedade, data de colheita, número do lote e endereço”, explicou o assistente técnico regional de recursos naturais da Emater/RS-Ascar, Carlos Roberto Olczevski, palestrante do evento.

Segundo ele, os produtores deverão registrar e guardar por um ano e meio os dados dos produtos que produziram e comercializaram, através de cadernos de campo, que deverão conter todos os dados dos produtos fitossanitários utilizados, como nome comercial, data da aplicação, carência, dosagem, volume de calda, entre outras informações. Os produtores também deverão anexar e guardar o receituário agronômico dos produtos utilizados e as notas fiscais de venda dos lotes.

Uma nova Instrução Normativa Conjunta, a nº 01 de 15 de abril de 2019, informa os períodos de implementação, que será gradual, de acordo com as cadeias produtivas. A partir de agosto deste ano, a rastreabilidade já está valendo e deverá ser cumprida por todos os envolvidos, produtores, atravessadores, supermercados e outros membros da cadeia produtiva dos vegetais frescos (frutas, folhosas, legumes, raízes, tubérculos).

A Agência de Desenvolvimento do Médio Alto Uruguai (Admau) atuou junto no evento, apresentando o site da entidade como possível ferramenta de uso dos produtores para geração do caderno de campo, etiquetas com dados do produtor e do produto que devem ser coladas nas caixas, sacarias e outras embalagens de produtos vegetais frescos que são adquiridos por atravessadores e supermercados ou consumidores finais. O site da Admau também permitirá gerar QR code (gerador de código), que possibilitará o acesso às informações sobre os produtos, a partir do uso de smartphones ou tablets.

Autoridades e lideranças locais participaram das palestras, entre elas o vice-prefeito de Seberi, Marcelino Galvão Bueno, os gerentes do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Clairto Dal Forno e Mario Coelho da Silva, e representantes da 19ª Coordenadoria da Saúde.

60 anos Seberi

De sexta-feira até domingo (31/05 a 02/06) o município de Seberi receberá centenas de visitantes para sua festa de 60 anos. Com exposição das empresas locais e da região, do setor agropecuário, comércio e serviços, o município promove a Feira Multissetorial para apresentar as potencialidades e a diversificação de negócios. A abertura oficial do evento será realizada nesta sexta-feira (31/05), às 18h30, no Ginásio Municipal Luiz Julio Gemelli.

A Feira é uma promoção da Prefeitura, Emater/RS-Ascar e Associação Comercial e Industrial de Seberi (Aciseb). A programação está repleta de atrações, que envolverão os visitantes durantes os três dias de evento, como por exemplo, o Festival da erva-mate, a comercialização de produtos da agricultura familiar, artesanato, shows musicais e muito mais.

A Emater/RS-Ascar organizou um espaço especial para apresentar no evento. Durante os três dias da Feira, a equipe do Escritório Municipal destacará dois temas importantes e que são focos das ações realizadas com as famílias do meio rural. Um protótipo de silo secador será montado no local para mostrar aos visitantes a estrutura, o funcionamento, a forma de construção e as inúmeras vantagens do uso dessa tecnologia na propriedade rural. Outra temática que será enfocada pela Emater/RS-Ascar é o saneamento básico. Dentro desse assunto, a equipe trabalhará práticas que envolvem o saneamento, como a proteção de nascentes, limpeza de caixa d´água, separação do lixo e compostagem doméstica. A programação dos 60 anos de Seberi segue até domingo (02/06), com encerramento das atividades às 18h. ( Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen/ Jornalista Marcela Buzatto).

Mais notícias