FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

Rajadas chegam a 92 km/h em Santa Maria

Uma família está impedida de sair de casa porque um poste caiu sobre o imóvel. O Corpo de Bombeiros recebeu 300 chamados Uma família está impedida de sair de casa porque um poste caiu sobre o imóvel. O Corpo de Bombeiros recebeu 300 chamados

As rajadas de vento em Santa Maria, na região central do Estado, chegaram a 92 km/h entre 5h30min e 6h desta quinta-feira, de acordo com o setor de meteorologia da Base Aérea. O temporal derubou árvores, postes de iluminação pública e destelhou casas em várias partes da cidade.No Centro da cidade, várias placas foram arrancadas com a força do vento. Na região Norte, o ginásio poliesportivo Guarani, onde  estavam sendo guardados donativos para as vítimas da chuva, teve a cobertura arrancada. Voluntários estão transferindo as doações para o Centro Desportivo Municipal. A Defesa Civil do município solicita voluntários para ajudar na reconstrução e no recolhimento de donativos. Contatos podem ser feitos pelo telefone (55) 3921-7148Houve alagamentos na localidade Km 3 e no Passo da Ferreira, onde um riacho transbordou. Uma família está impedida de sair de casa porque um poste caiu sobre o imóvel. O Corpo de Bombeiros recebeu 300 chamados.Em São Pedro do Sul, a 35 quilômetros de Santa Maria, várias casas foram destelhadas e poste caíram. Em Dilermando de Aguiar, a 50 quilometros,o ginásio onde ocorria uma feira industrial foi destelhado pela força do vento. Falta luz em diversas cidades da região central que são atendidas pela AES Sul.Fonte:Renato Oliveira/Correio do Povo(Agostinho Piovesan) 

Mais notícias