Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Primeiro caso de dengue em 2019 é confirmado no RS

Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde

O primeiro caso autóctone, ou seja, contraído no estado, de dengue, foi confirmado nesta quinta-feira, 24, no Rio Grande do Sul, pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVs), da Secretaria Estadual de Saúde. Trata-se de um morador da cidade de Panambi, no Noroeste do RS. Conforme a secretaria, nenhum caso desse tipo havia sido identificado em 2018.

Além desse, outros três casos de dengue também foram confirmados em residentes dos municípios de São Luiz Gonzaga e Sete de Setembro (este último, com dois casos). São pessoas residentes no estado, mas que contraíram a doença em viagens a outras regiões do país.

Os municípios já iniciaram ações de bloqueio, com aplicação de larvicida num raio de 300 metros das residências onde foram registrados os casos, além da busca ativa de focos de larvas do inseto, explica a pasta. A secretaria lembra que o verão é a época mais propícia para a circulação do mosquito.

Para reforço nas ações de controle, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, anunciou nesta semana o repasse de R$ 2,4 milhões para 232 municípios com risco maior de infestação.

Não houve no Rio Grande do Sul, até o momento, nenhum caso confirmado (autóctone ou importado) de zika vírus ou febre chikungunya, que são as outras duas doenças que o mosquito pode transmitir.

Fonte: G1 Rio Grande do Sul

Mais notícias