Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Prefeituras gaúchas destacam-se em projetos de empreendedorismo

Neste ano, 94 projetos foram habilitados e avaliados entre 68 cidades gaúchas neste semestre
Luiz Chaves/Palácio Piratini Luiz Chaves/Palácio Piratini

Os projetos de municípios gaúchos que fizeram diferença em 2018 foram reconhecidos na 10ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor no Rio Grande do Sul na tarde desta segunda-feira (26) no espaço Mahala Eventos, em Porto Alegre. A distinção é uma forma de reconhecer os gestores municipais que tenham implementado proposições com resultados comprovados de estímulo ao crescimento dos pequenos negócios, contribuindo de forma efetiva para o desenvolvimento econômico dos municípios. O governador José Ivo Sartori marcou presença no evento, em meio a um público com 300 pessoas entre autoridades, prefeitos e empreendedores.

Neste ano, 94 projetos foram habilitados e avaliados entre 68 cidades gaúchas neste semestre. Deste total, 25 concorreram na final. A premiação ocorre na etapa estadual em oito categorias e os vencedores concorrem na etapa nacional. Cada prefeitura tinha direito a inscrição de dois projetos.

Após a palestra do cientista político e professor do Insper, Fernando Schüler, seguiu a premiação por categoria. Entre as prefeituras premiadas, na categoria “Políticas Públicas para Desenvolvimento dos Pequenos Negócios no Rio Grande do Sul” o vencedor foi Novo Hamburgo – Fatima Daudt ; com 2° Lugar - Torres – Carlos Souza e  3° Lugar – São Marcos – Evandro Carlos Kuwer. Para “Compras Governamentais de Pequenos Negócios” levou o prêmio Farroupilha – Claiton Gonçalves; para categoria “Inovação e Sustentabilidade” ganhou Frederico Westphalen – José Alberto Panosso; para “Pequenos Negócios no Campo” ganhou Bento Gonçalves – Guilherme Pasin; em “Desburocratização e Implementação da Redesimples” Lajeado – Marcelo Caumo; em “Empreendedorismo nas Escolas” o premiou seguiu para Campo Bom – Luciano Orsi; e para “Inclusão Produtiva e Apoio ao Microempreendedor Individual” foi São Marcos – Evandro Carlos Kuwer.

Em edições anteriores, na 7ª edição 2011/2012, o então prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, foi vencedor nacional na categoria Promoção do Desenvolvimento Rural. Também em 2010, ganhou o prêmio na edição estadual, na categoria Médios e Grandes Municípios. Em seu pronunciamento, o governador destacou o importante trabalho dos prefeitos, que muitas vezes não tem o reconhecimento dos projetos implementados, mas que em cada município, fica o legado deixado em sua comunidade. “Se hoje estão aqui foi porque fizeram um trabalho que fez a diferença para suas comunidades”, destacou. Também enfatizou que, com a participação e solidariedades de todos, o Rio Grande do Sul vai  encontrar o seu caminho. “Precisamos fazer o que precisa ser feito se quisermos um futuro melhor para o nosso estado. A responsabilidade da transformação é de todos”, mencionou Sartori.

Desde 2011, em todo o Brasil, o Sebrae promove a iniciativa e somente no Rio Grande do Sul, as categorias que tiveram destaque, pelo número de projetos inscritos, foram a de Pequenos Negócios no Campo e a de Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios.

O prêmio é uma realização do Sebrae com apoio da Confederação Nacional do Municípios (CNM), Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Associação Brasileira de Municípios (ABM), Ministério do Planejamento, Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Associação dos Tribunais de Contas, Instituto Rui Barbosa (IRB), Movimento Brasil Competitivo (MBC), Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, Centro de Liderança Pública (CLP), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Conselho Temático da Micro e Pequena Empresa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (COnsad) e Observatório Social do Brasil (OSB).

Mais notícias