Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Prefeitura de Constantina reduz gastos em R$ 300 mil por mês

Redução de despesas garante recursos para aplicar em várias áreas
DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO

A Administração Municipal de Constantina, no Norte do Estado deixou de gastar, desde abril do ano passado, R$ 300 mil ao deixar de nomear titulares em sete Secretarias e reduzir outros encargos com servidores, como CCs. As pastas da Saúde, Educação, Obras, Administração, Indústria e Comércio, Fazenda e Agricultura são comandadas por funcionários do Quadro de Carreira.

Segundo o prefeito Gerri Sawaris, ao invés de pagar o valor que ganharia uma pessoa fora do Quadro município, o Poder Público garante aos funcionários que exercem a função de Secretários, seu salário normal e mais R$ 950,00 como Função Gratificada. “Com isso economizamos R$ 4 mil por mês por Secretaria e isso garante redução de despesas e a possibilidade de garantir os serviços básicos, nas mais diversas áreas, em favor da população”, observa Sawaris.

O chefe do Poder Executivo lembra que o vice-prefeito responde pelas pastas da Saúde, Assistência Social e Indústria e Comércio. “Nós adotamos essa fórmula, diante da redução dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e ICMS e da crescente despesa que o município enfrenta em razão para manter os serviços em todas as áreas, especialmente da saúde”, afirma Sawaris.

O Prefeito informou que Constantina possui pouco mais de 10 mil habitantes. O número de funcionários do município chega a 300. Gerri Sawaris disse, ainda, que o povo concorda com a decisão de não nomear Secretários com pessoas que não sejam do Quadro de Funcionários. “Evidentemente que ocorre alguma pressão política, mas neste caso levamos em conta as finanças do município, priorizando a prestação de serviços de qualidade, o que efetivamente o povo deseja”, conclui.

Mais notícias