Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Policia realiza operação contra a contravenção nas Missões

Alvos da Operação eram o jogo do bicho e máquinas caça niqueis. Alvos da Operação eram o jogo do bicho e máquinas caça niqueis.

Uma operação policial realizada na pequena cidade de Cerro Largo, com pouco mais de 15 mil habitantes, na região das Missões, noroeste gaúcho, combateu a prática de jogos de azar. Os alvos eram os caça níqueis e o jogo do bicho.Além da contravenção penal, o principal objetivo foi apurar também a conexão dos infratores com outras cidades da região, como Santo Ângelo, e suspeita de lavagem de dinheiro.O delegado Marcus Viafore, responsável pela chamada “Operação Fortuna”, destaca que o trabalho iniciou na terça-feira (24) e terminou na madrugada desta quarta-feira (25). Ao todo, 65 policiais cumpriram 13 mandados de busca. Sete bicheiros assinaram termo circunstanciado e dois foram presos em flagrante por que estavam com armas e munição.DinheiroA polícia apreendeu um total de R$ 215 mil. Desse valor, R$ 115 mil em dinheiro foi encontrado na casa de apenas um bicheiro dentro de latas, potes de ração para cachorro e no forro da residência.“Vamos apurar a suspeita de lavagem de dinheiro. Nos causa estranheza uma pequena cidade com tanto jogo do bicho, por exemplo, e ainda com uso de tecnologia avançada”, diz Viafore.TecnologiaAlém do jogo do bicho no papel, a polícia descobriu uma máquina, parecida com as que são usadas para cartões de débito ou crédito, utilizada pelos contraventores. A pessoa digita o número correspondente ao bicho e depois sai a impressão com o nome do animal escolhido, bem como o valor pago.Em relação aos caça níqueis, foram apreendidas pequenas maletas. Elas são abertas para que a tela apareça e são ligadas na tomada. A máquina é portátil e fácil de esconder.O jogo do bicho e caça níqueis são considerados contravenções penais e, desde 2012, também uma infração penal com antecedente de lavagem de dinheiro.

Mais notícias