Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

PF e Receita realizam operação na Serra gaúcha contra fraude no Imposto de Renda.

Auditores-Fiscais descobriram um esquema em que despesas médicas fictícias eram inseridas na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, com a finalidade de reduzir o imposto a pagar e obter restituições indevidas Auditores-Fiscais descobriram um esquema em que despesas médicas fictícias eram inseridas na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, com a finalidade de reduzir o imposto a pagar e obter restituições indevidas

Polícia Federal e Receita Federal deflagraram na manhã desta quinta-feira (19), na Serra gaúcha, a Operação Implante, com objetivo de combater fraudes ao Imposto de Renda da Pessoa Física. Auditores-Fiscais descobriram um esquema em que despesas médicas fictícias eram inseridas na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, com a finalidade de reduzir o imposto a pagar e obter restituições indevidas. Apenas em despesas odontológicas e médicas, a fraude é de mais de R$ 1,5 milhão. Servidores da Polícia Federal e Receita Federal cumprem mandado de busca e apreensão. Os coordenadores da Operação Implante concederam entrevista coletiva na Delegacia da Receita Federal em Caxias do Sul às 10h30min.(Agostinho Piovesan) 

Mais notícias