FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

Pesquisadores estudam proteínas do Sars-CoV2 no laboratório Sirius

Ideia é criar medicamentos para inibir atividades do novo coronavírus
FOTO - Agência Brasil FOTO - Agência Brasil

A maior e mais complexa infraestrutura científica do país, o Sirius, acelerador síncroton do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas (SP), está sendo utilizado por pesquisadores desde o início de setembro para estudar cristais de proteínas do novo coronavírus.

Leia a notícia completa no site Folha do Noroeste
Mais notícias