Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Palmitinho contará com nova eleição para conselheiros tutelares

MP-RS indicou a anulação do pleito no município, devido a problemas no dia da votação. Decisão foi acatada pela comissão eleitoral

A eleição para os novos conselheiros tutelares de Palmitinho foi anulada. A decisão foi informada pelo promotor de justiça, João Pedro Togni, na manhã desta terça-feira, 22, em audiência realizada na sede do Ministério Público (MP).

De acordo com Togni, um problema na impressão das listas impressas ocasionou a ausência de 23 nomes que, estiveram presentes no local de votação, porém não constava na listagem no dia do pleito. Outras três pessoas que também não constavam na lista de eleitores, efetuaram o voto mesmo assim, o que não é permitido e, por esses motivos, o MP-RS recomendou a anulação do pleito. A informação partiu da própria comissão eleitoral de Palmitinho.

Ainda conforme o promotor de justiça, a recomendação desta anulação deve-se a quantidade de votos que podem alterar os nomes eleitos. “A eleição para o conselho tutelar é muito apertada e 26 votos trazem um desequilíbrio no pleito, por isso, recomendamos a anulação, que foi acatada pela comissão eleitoral”, afirmou.

Um novo edital deverá ser lançado para que, ainda no mês de novembro, ocorra a nova eleição no município. De acordo com Togni, há uma necessidade de ter uma agilidade neste novo pleito, tendo em vista que os conselheiros tutelares passam a exercer a função, já no início de 2020.

Mais notícias