Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Operação contra facção prende três e apreende armas de uso restrito em Porto Alegre

Armamento era usado por líderes da organização criminosa

Uma operação da Polícia Civil contra uma facção criminosa encontrou nesta terça-feira um arsenal escondido em um "bunker" localizado em Porto Alegre. A ofensiva, chamada de Esquadra, prendeu três pessoas e encontrou quatro pistolas de uso restrito, espingarda de pressão, carregadores e munições de diversos calibres. 

De acordo com a 3ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (DIN) do Departamento Estadual de Investigação do Narcotráfico (Denarc), as investigações duraram três meses e indicou que os suspeitos presos, um homem e duas mulheres, trabalhavam com a linha de frente de uma facção criminosa que atua na cidade. Além disso, o armamento encontrado também era usado pelos líderes da organização. 

Além do armamento, os policiais encontraram no "bunker" R$ 5.280, um Fiat Stilo, cadernos de contabilidade do tráfico e cinco fardas do Exército Brasileiro.  

O titular da 3ª DIN, delegado Rafael Pereira, relatou que a operação desarticulou um dos braços da organização criminosa. "Essa facção era extremamente violenta e foi de extrema importância a localização dessas armas", disse.  

Segundo o diretor de investigações do Denarc, delegado Mario Souza, confirmou que uma máquina de choque também foi encontrada no esconderijo dos criminosos. "Era um lugar bem elaborado pela facção", completou. 

 

Foto: Policia Civil / 

Mais notícias