Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Na véspera do início do ano letivo, 400 escolas ainda estão em obras no RS

Reformas nem sequer começaram em outras 230 instituições
 Foto: Reprodução/RBS TV Foto: Reprodução/RBS TV

Fim de férias para os alunos da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira (20), começa mais um ano letivo para os estudantes de escolas estaduais. Só que as instituições ainda não estarão totalmente prontas para receber os alunos como deveriam.

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação, 400 colégios estão em obras e 230 sequer começaram as reformas. Uma das maiores escolas da Capital, a Paula Soares, enfrenta essa situação. O prédio completa 100 anos em 2019.

Na maioria das paredes, a tinta está descascando, há marcas de pichação e de vazamento de água. Vazamento causado, segundo a escola, pela empresa contratada para consertar o telhado em 2016.

"Houve uma grande chuva, e a água da chuva acabou entrando no colégio durante a reforma. Em todos os lugares do prédio, em todos os andares, choveu, infiltrou água nas paredes, entrou por todos os lugares e provocou danos terríveis. O colégio ficou pior", recorda a professora Miriam Isabel Preto.

A rede elétrica foi danificada. O Plano de Prevenção Contra Incêndio ficou pelo caminho e um dos dois laboratórios de informática foi atingido em cheio. Quinze computadores foram direto para o lixo e, até hoje, dois anos e meio depois, o laboratório segue desativado.

Além da necessidade de pintura nas paredes, há janelas com vidros quebrados, madeiras podres nos rodapés e no assoalho. Em muitas salas, professores fizeram consertos improvisados.

Por lá, os professores estão trocando lápis e canetas por materiais de construção e colocando a mão na massa para mudar essa realidade.

 

Mais notícias