FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

Metade dos casos de demência no Brasil poderiam ser evitados

Com base em banco de dados da Fiocruz, pesquisa identificou 10 indicadores determinantes para desenvolver a doença e estimou a prevalência deles na população
FOTO - Freepik FOTO - Freepik

Um estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) identificou que cerca de 50% de diagnósticos de demência em adultos no Brasil poderiam ser evitados, caso fatores de risco fossem controlados. A pesquisa utilizou um banco de dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com determinantes sociais e biológicos do envelhecimento. A amostra incluiu 9,4 mil pessoas com 50 anos ou mais.

Leia a notícia completa no site Folha do Noroeste
Mais notícias