Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Madrasta de Bernardo é transferida para Instituto Psiquiátrico

Principal suspeita pela morte do menino fará exame de rotina com psiquiatra Principal suspeita pela morte do menino fará exame de rotina com psiquiatra

A madrasta de Bernardo Boldrini, Graciele Ugulini, foi transferida na tarde desta quinta-feira. Da Penitenciária Estadual de Guaíba, na região metropolitana de Porto Alegre, ela passou para o Instituto Psiquiátrico Forense (IPF) Maurício Cardoso, localizado no bairro Partenon, zona Leste da Capital.  Ela é a principal suspeita pelo assassinato do menino,  encontrado morto em 4 de abril do ano passado no interior de Frederico Westphalen A Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) informou que a troca de presídio ocorreu para a realização de um exame de rotina com um psiquiatra que atende a apenada no IPF. Ele deveria indicar a troca da medicação recebida por ela em Guaíba. A Susepe não esclareceu se Graciele deveria permanecer no Instituto Psiquiátrico ou se retornaria para a penitenciária, por uma “questão de segurança”. A madrasta de Bernardo está presa desde abril do ano passado. (Nelson Buzatto) 

Mais notícias