FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

La Niña pode ser um dos mais fortes dos últimos 20 anos

Agência de Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa) diz que o fenômeno será semelhante aos anos de 2007 e 2010.

Em recente boletim da Agência de Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa), do Departamento de Meteorologia dos Estados Unidos, foi indicado que a anomalia da temperatura na porção central do oceano pacífico Equatorial está no limite da categoria considerada moderada, com -1,4°C. Para ser considerado um evento forte, a anomalia pode variar entre -1,5°C e 1,9°C. O fenômeno é semelhante aos anos de 2007 e 2010, que foram os mais fortes dos últimos 20 anos.

Leia a notícia completa no site Folha do Noroeste
Mais notícias