Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

HSVP de Passo Fundo inaugura UTI cirúrgica com 10 leitos

Ao todo foram investidos R$ 1.925.713,74 em recursos próprios, emendas e doações
Fotos: Assessoria de Comunicação HSVP/Scheila Zang Fotos: Assessoria de Comunicação HSVP/Scheila Zang

O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, inaugurou na manhã de segunda-feira, 25 de novembro, a nova Unidade Terapia Intensivo Cirúrgica, com 10 leitos. Na oportunidade estiveram presentes a diretoria estatutária e administrativa do hospital, presidente José Miguel Rodrigues da Silva, Superintendente Executivo Ilário De David, Dr. Adroaldo Mallmann Diretor Técnico Médico, Cristine Pilati, Vice-diretora Técnica Médica, Gerente de Enfermagem José Olavo Lupatini Filho, além dos diretores Jairo Davoglio, Sandro Malheiros, Dilnei Garape e José Carlos Nascimento, Vicentinos, colaboradores e médicos do corpo clínico. Ainda, estiveram presentes autoridades municipais, estaduais e nacionais, sendo o Vice-prefeito João Pedro Nunes, Presidente da Câmara de Vereadores Fernando Rigon, Vereadores Saul Spinelli, Ronaldo Rosa, Alex Necker, Eloí Costa, Márcio Patussi e Roberto Gabriel Toson, que também representou o Deputado Federal Danrlei de Deus, o Delegado da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde, Marcelo Pacheco, Deputado Estadual Mateus Wesp, assessores parlamentares dos deputados estaduais, Sérgio Turra, Gilberto Capoani e Pedro Westphalen e do Deputado Federal Giovani Cherini, além de instituições parcerias como Caixa Econômica Federal, Sicredi, Banrisul, BSBios, Universidade de Passo Fundo, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), ACISA e Panvel.

A cerimônia de inauguração iniciou com uma bênção do Vigário Geral da Arquidiocese de Passo Fundo, Pe. Fábio de Moraes que abençoou o novo espaço, colaboradores e os presentes. Na sequência, o presidente José Miguel, Senador Lasier e vice-prefeito João Pedro descerraram a fita de inauguração da nova Unidade de Terapia Intensivo Cirúrgica. Em sua fala, José Miguel enalteceu na ocasião a trajetória do Hospital São Vicente e este importante capítulo. “Este 25 de novembro é uma data para ficar nos anais do HSVP, porque além de entregarmos mais um recurso no atendimento aos pacientes, temos em nosso meio lideranças políticas do nosso município, estado e do país. Esta inauguração, reafirma a nossa proposta de continuar trilhando o crescimento sustentável, em busca da excelência e de ser referência em saúde”.

O superintendente Ilário De David, explicou que a Unidade de Terapia Intensivo Cirúrgica foi construída com recursos próprios do HSVP, emendas parlamentares e doações da comunidade. “Ao todo foram investidos R$ 1.925.713,74 sendo, R$ 868.818,42 com recursos públicos, através de emendas parlamentares, dos deputados Federais Danrlei de Deus e Giovani Cherini”.  Ainda, Dr. Mallmann, Diretor Técnico Médico, esclareceu que ela será utilizada para pacientes no pós-operatório, ou seja, quando após a cirurgia o paciente necessita de um atendimento mais intensivo que a recuperação. “Esta é a única unidade no estado que tem o cuidado exclusivo para pacientes após a cirurgia. Isto demonstra que estamos cada vez mais em busca de melhores resultados, humanização no tratamento e a eficácia do trabalho”, enalteceu.

O presidente da Câmara de Vereadores destacou o papel do São Vicente em prol da saúde de Passo Fundo região, comentando que, quando se fala em hospital “de pronto pensamos em doenças, mas, que é um espaço que se trabalha em prol da saúde e recuperação das pessoas”. Rigon ainda, passou a palavra para o Vereador Roberto Gabriel Toson, que falou em nome da Câmara e do Dep. Federal Danrlei de Deus, que destinou uma emenda para a obra. “Passo Fundo é referência em saúde no estado e no país e temos que valorizar as pessoas e instituições que trazem humanização à nossa população e as pessoas que procuram amenizar a sua dor. Hoje, temos aqui, o resultado de um trabalho em equipe, um somatório de esforços, dos nossos políticos, que temos que buscar ajuda como representantes da comunidade de Passo Fundo e da iniciativa privada. Me sinto honrado de ter participado disso, agradeço ao deputado Danrlei que adotou Passo Fundo como seu segundo lar e sempre que possível vem visitar os locais para onde destina os recursos”, pontuou, deixando ainda uma saudação do deputado Danrlei.

Ainda, na cerimônia, o Delegado da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde, Marcelo Pacheco, deixou uma mensagem aos presentes, parabenizando o hospital, os colaboradores e reiterando o apoio à instituição.

De Passo Fundo, o deputado Estadual Mateus Wesp também referenciou em sua fala a importância da cidade no cenário da saúde no sul do país. Ele destacou o trabalho das instituições e pessoas, que com menos recursos que capitais como Curitiba e Porto Alegre, conseguem fazer um trabalho de excelência na área da saúde. “Temos muito orgulho do trabalho que é feito aqui, um dos maiores produtos da região, que não é só a saúde, mas os seres humanos que atendem de modo solidário as pessoas”.

Visitando Passo Fundo, o Senador da República Lasier Martins participou da inauguração e deixou sua mensagem aos presentes e hospital. “Esse hospital tão conhecido e tão respeitado no estado, é especialista. O São Vicente não é apenas um hospital da região é um hospital do Brasil. Eu sei de pessoas que vem de locais distantes para atendimento aqui, exatamente por sua condição de atendimento de alta complexidade, pela qualidade dos seus médicos, seus enfermeiros, por todos que trabalham aqui. Estamos vivendo aqui a celebração de um acréscimo a este hospital que já era ótimo, fica excelente a partir de agora”, frisou o senador, finalizando ainda, com um agradecimento. “Não imaginava que a minha visita iria se integrar a uma cerimônia como essa, que chega a emocionar, pela importância, já que aqui estão preocupados com a saúde pública, com o atendimento, isto é muito humanitário, muito cristão. Agradeço a oportunidade e reforço que seguirei contribuindo nos próximos anos, enfim estamos juntos nessa grande cruzada em prol da saúde”.

Ao fim da solenidade, o vice-prefeito, João Pedro Nunes, agradeceu a visita de todos à Passo Fundo e parabenizou a instituição pela nova Unidade. João Pedro salientou ainda, que a história do hospital e Passo Fundo se confundem, já que cresceram juntos. “O São Vicente é um hospital tradicional, mas digo melhor, é um hospital inovador, pois busca a melhor tecnologia a serviço do ser humano. Cresce, ultrapassando questões de grupo ou individualismo, mas sim com parceria e união. Parabéns e com certeza, essa instituição sólida continuará no caminho do crescimento”.

Mais sobre a nova unidade

Em estudo realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que mapeou a distribuição dos leitos de UTI entre os estados e as capitais, os dados apontaram que os hospitais estão com alas vermelhas superlotadas, com pacientes à espera de infraestrutura apropriada, ou seja, leitos de Unidade de Terapia Intensiva. Por ser um hospital de alta complexidade, referência no sul do país, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, também viu essa demanda por leitos de UTI crescer nos últimos anos. Com isso, mesmo diante das dificuldades enfrentadas pelos hospitais filantrópicos, a instituição reuniu recursos e com apoio de parceiros, construiu mais uma Unidade de Tratamento Intensivo.

O espaço de 300m² conta com 10 leitos, equipados com todas as tecnologias necessárias para um bom funcionamento de uma UTI, Central de Monitorização dos pacientes, equipe multiprofissional especializada e dois leitos de isolamento com filtro EPA. Conforme a Vice-diretora Técnica Médica do HSVP e coordenadora Dra. Cristine Pilati, a Unidade é uma grande conquista para hospital pois vão suprir uma demanda já existente. “Atualmente se fala que leitos de UTI devem ser 20% do total de leitos que uma instituição possui. Hoje, o hospital tem 65 leitos de UTI, vamos para 75 com estes novos com estes novos, além de mais 10 leitos disponíveis na Unidade Uruguai”, pontua a medica intensivista, destacando que, diariamente, 10 a 15 pacientes esperam por um leito de UTI.

Cristine pontua ainda que, a Unidade é para pacientes pós-cirurgia e atenderá pacientes de todos os convênios, inclusive para a população do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de contrato com o estado do Rio Grande do Sul, pois essa demanda se deve ao fato de que, procedimentos de alta complexidade requerem que o paciente se recupere na UTI. “Os pacientes clínicos têm uma média de permanência maior na UTI, já o paciente cirúrgico precisa muitas vezes ficar um ou dois dias e depois vai para o quarto, ou seja, só no pós-operatório imediato”, explica a coordenadora, evidenciando que a equipe da nova UTI vai contar com equipe multiprofissional especializada, um médico rotineiro e um plantonista, além de um número necessário de intensivistas.

Fonte:  Assessoria de Comunicação HSVP/Scheila Zang

Galeria de imagens
Mais notícias