Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Homem acusado de cometer crimes de pedofilia e estupro é preso

O acusado tirava fotos de adolescentes e organizava festas  O acusado tirava fotos de adolescentes e organizava festas 

Na tarde de sexta-feira (20), o titular da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente da Polícia Civil (DPCA), Delegado Mário Pezzi informou a prisão de um homem acusado de cometer crimes de pedofilia e estupro em Passo Fundo. As investigações que desvendaram os crimes iniciaram quando o pai de uma menina de 13 anos procurou a polícia para relatar que sua filha havia sido violentada sexualmente pelo próprio tio. A vítima, uma menina de 13 anos de idade, residia com a sua avó em Passo Fundo e há poucos dias foi morar com o pai no estado de São Paulo. Logo nas primeiras horas com a menina, o pai desconfiou do seu comportamento, que estava muito alterado desde a última vez que estiveram juntos. Com a preocupação de tentar saber o que estava acontecendo com a menina, o pai acabou descobrindo que a garota estava sendo violentada sexualmente pelo próprio tio. A vítima repassou todos os detalhes, afirmando que vinha sendo estuprada desde os 06 anos de idade. Consternado com essa informação e em busca de justiça, o pai da garota imediatamente retornou a Passo Fundo e procurou a polícia relatando o fato. Quando a família da menina ficou sabendo do caso, outras duas jovens, de 20 e 28 anos e que são cunhadas do estuprador, desabafaram que também foram abusadas pelo homem por muitos anos, enquanto ainda eram adolescentes. Através destes relatos, os agentes da DPCA, comandados pelo Delegado Mário Pezzi e pela chefe de investigações Inspetora Marlene Nadal, iniciaram as diligências e comprovaram os fatos. Os policiais descobriram que o agressor tem 37 anos e possuía duas profissões. Trabalhava como fotógrafo, fazendo registros de meninos e meninas que tinham o objetivo de ser modelos, e também desempenhava a função de organizador de eventos, principalmente festas para adolescentes. Apesar dos casos de estupros das três vítimas serem isolados, todas elas afirmaram em depoimento que no momento em que eram abusadas o homem sempre solicitava segredo. Diante destas comprovações, o Delegado Pezzi solicitou o mandado de prisão preventiva do acusado, que foi prontamente decretado pelo Juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Passo Fundo, Doutor Rafael Borba. O acusado, que já responde processo judicial por abuso sexual de adolescentes no ano de 2010, foi preso em casa e não apresentou nenhuma reação de espanto. Ele foi conduzido até a delegacia, onde prestou depoimentos, e posterior foi recolhido ao Presídio Regional de Passo Fundo. Com a divulgação deste caso, o Delegado Mário Pezzi acredita que outras possíveis vítimas irão comparecer na delegacia para pedir ajuda e relatar outros fatos.Por motivo de preservação das vítimas e elas terem uma relação familiar com o acusado, o seu nome não foi divulgado pela polícia.   Por motivo de preservação das vítimas e elas terem uma relação familiar com o acusado, o seu nome não foi divulgado pela polícia. ( fonte: RÁDIO UIRAPURU )

Mais notícias