FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

Governo do Estado promete chamar professores aprovados em concurso

Em reunião com o Cpers, Executivo descartou pagamento do piso nacional do magistério Em reunião com o Cpers, Executivo descartou pagamento do piso nacional do magistério

Em reunião com o Cpers/Sindicato, o governador José Ivo Sartori (PMDB) e o secretário de Educação, Vieira da Cunha (PDT), prometeram convocar os professores aprovados no último concurso para ocupar as vagas necessárias para este ano letivo. Com isto, somente serão realizadas contratações emergenciais caso não haja professor disponível entre os aprovados na última seleção.No encontro desta quinta-feira, o secretário de Educação reafirmou que o Estado não tem recursos para pagar o piso nacional do magistério, que sofreu reajuste de 13% em 2015. Segundo Vieira da Cunha, somente com ajuda do governo federal o pagamento poderá ser efetivado, o que inclusive já foi solicitado ao ministro da pasta, Cid Gomes (Pros). Vieira garantiu também que não haverá falta de professores no início do ano letivo.A presidente do Cpers, Helenir Schürer, saiu satisfeita da reunião por conta da garantia de chamamento do aprovados. Helenir disse ainda que saiu esperançosa da reunião de que o governo aceite a proposta de que o pagamento do vale-refeição deixa de gerar estorno à folha de pagamento dos educadores – atualmente de R$ 166. Uma nova reunião deverá ocorrer entre Cpers e Governo do Estado ainda em fevereiro, antes da assembleia geral da categoria, prevista para março. (Nelson Buzatto) 

Mais notícias