Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Governador Eduardo Leite diz que modelagem das privatizações levará 500 dias

Estruturação será montada com apoio do BNDES

O governador Eduardo Leite (PSDB) projetou na manhã desta quarta-feira que o processo de estruturação das vendas das três estatais do setor de energia durará entre 400 e 500 dias a partir da chegada dos projetos de autorização das privatizações à Assembleia Legislativa. "A estruturação toda, a modelagem, o 'valuation', temos uma perspectiva de tempo de cerca de 400, 500 dias. É praticamente um ano e meio. É natural, pois é um processo complexo, que precisa percorrer todas as etapas."

O objetivo do governo é encaminhar os três projetos ao Legislativo após a aprovação em segundo turno da PEC que retira da Constituição estadual a exigência de plebiscito para que a população decida pela venda ou não da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Sulgás e Companhia Riograndense de Mineração (CRM). Nessa terça, a Assembleia aprovou a PEC em primeiro turno, por 40 votos a 13. O segundo turno da votação está previsto para o início de maio. E, após, ainda em maio, o Executivo encaminha os projetos específicos das vendas.

A modelagem será feita em paralelo com a tramitação dos projetos na Assembleia. Segundo Leite, o tempo necessário para a modelagem não atrapalha a pretensão do governo de aderir ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) para renegociar a dívida com a União. As declarações do governador foram feitas em coletiva de avaliação da aprovação em primeiro turno da PEC, antes do lançamento do Plano Plurianual, na sede do Ministério Público.

Mais notícias