Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Falta de chuva afeta moradores do interior de Tenente Portela

Prejuízos são registrados no setor primário

A falta de chuva está fazendo com que equipes da Prefeitura de Tenente Portela, na região Noroeste do Estado, transportem água, com a utilização de um carro pipa, para 60 famílias que residem no interior do município. A água é captada de um poço artesiano que funciona na localidade de Burro Magro.  As localidades mais afetadas pela estiagem são Alto Cordeiro de Farias, Capitel Santo Antônio, Linha da Paz, Linha Vargas, Baixo Azul, Linha São Luís, aldeias indígenas e escolas.

Segundo  o secretário de  Desenvolvimento Rural, Mauro Ludwing muitas fontes naturais estão secando e com isso as famílias estão sem água para consumo humano e também para fornecer aos rebanhos bovinos e também suínos. Ele anunciou que várias medidas foram tomadas para  diminuir o impacto da escassez de chuva, entre as quais, o transporte de água e abertura de bebedouros nas propriedades rurais. “No mês passado ocorreram apenas chuvas esparsas e que não ajudaram em nada para recuperar o nível dos mananciais”, disse Ludwing.

Além disso, na avaliação do Secretário, os moradores da zona rural começam a acumular perdas econômicas, pois a falta de chuva causa prejuízos na produção agrícola,  especialmente na atividade leiteira, em razão da falta de pastagens. “São registradas perdas, também, nas lavouras de milho e as culturas de inverno como  trigo,  que poderá sofrer atraso no plantio caso este  quadro  perdurar”, afirma.

A Administração Municipal promoveu uma reunião de emergência na quinta-feira,3, com a presença de secretários e a equipe da  Defesa Civil do município. O encontro serviu para buscar  alternativas que possam  amenizar a vida das pessoas que enfrentam problemas de falta de água.

Mais notícias