Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Experimento de saneamento básico é realizado na Linha Rocha, Caiçara

Ação envolve a Emater/RS-Ascar e UFSM
Foto: Divulgação Emater/RS Ascar/Caiçara - Saneamento Básico. Foto: Divulgação Emater/RS Ascar/Caiçara - Saneamento Básico.

A Emater/RS-Ascar realizou, na tarde de quinta-feira (29), a instalação de fossas sépticas econômicas, na propriedade da família Oliveira, localizada na Linha Rocha, interior do município de Caiçara. A atividade contou com o apoio técnico de professores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus de Frederico Westphalen, e faz parte de um experimento que irá analisar o tratamento de esgoto doméstico nas propriedades rurais.

Essa iniciativa surgiu durante uma atividade realizada pela equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Caiçara, que promoveu palestras e orientou as famílias sobre a importância das práticas de saneamento básico e apresentou esse modelo eficiente e de baixo custo. Para implantação deste sistema o proprietário adquiriu materiais simples, como tambores de 200 litros com tampa, canos e conectores de PVC e cola silicone.

A assistente técnica regional social da Emater/RS-Ascar, Marlete Peroza Piaia, explica que essa atividade visa à melhoria da qualidade de vida em locais onde a rede de tratamento de efluentes não chega. “Dar um destino correto para o esgoto, águas servidas do tanque e da pia, proporciona saúde e bem-estar para as famílias e esta atividade busca proporcionar um ambiente limpo, saudável, livre de vetores, um local agradável para viver”.

A professora da UFSM, Samara Decezaro, que está envolvida com o projeto, explica que atividades assim são tanto de extensão quanto de pesquisa, uma vez que auxiliam as famílias com o tratamento de esgoto. Além disso, ela explica que “esse projeto é de baixo custo para auxiliar a população que não dispõe de rede de esgoto adequado, como é o caso das residências rurais”. Para analisar o andamento deste projeto, a professora Samara, contando com o auxílio da aluna Geana These, fará a coleta de amostras dos resíduos para desenvolver uma pesquisa que avalie a eficiência do tratamento de esgoto através desse sistema.

A produtora de leite, Cleonice da Rocha Oliveira, junto com o seu marido, Giovani Oliveira, adquiriu os materiais necessários para o desenvolvimento desse sistema. Cleonice explica que o projeto foi apresentado pela Emater/RS-Ascar em uma reunião do Conselho Agropecuário de Caiçara e o que mais interessou à família foi o tema de saneamento básico, que envolve o tratamento de esgoto, uma necessidade para a propriedade que dispõe de uma nascente de água próxima da residência e de onde é captada a água para tratamento dos animais. “Esse projeto vai auxiliar na economia de recursos para tratar a água que utilizamos no Compost Barn, tanto para o consumo do gado leiteiro quanto para a higienização da sala de ordenha e também vou conseguir organizar melhor os arredores da propriedade”, finaliza.

O sistema instalado na propriedade da família Oliveira é um modelo experimental, o qual terá sua eficiência analisada pela Universidade. O desenvolvimento de ações socioambientais faz parte do trabalho realizado pela Emater/RS-Ascar em todo o Estado. A Instituição tem o compromisso de estimular a adoção de tecnologias socialmente justas e ambientalmente adequadas aos recursos disponíveis, direcionando o acesso ao conhecimento para o processo de produção limpa, eficiente e sustentável, visando à melhoria do bem-estar e da qualidade de vida das famílias assistidas. As equipes dos Escritórios Municipais da Emater/RS-Ascar estão capacitadas para realizar ações como esta e orientar as famílias de agricultores sobre as práticas de saneamento básico e ambiental.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen

Mais notícias