Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Executivo entrega hoje projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias à Assembleia

Governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior, participa de reunião com representantes do TJ, MP, Defensoria Pública e Tribunal de Contas
Divulgação Divulgação

O governador em exercício do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, entrega na manhã desta quarta-feira o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para a presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputada Zilá Breitenbach (PSDB). O encontro ocorrerá no gabinete da presidência do Legislativo. O texto a ser apreciado deve prever uma mudança radical nos cofres do Estado, com o congelamento total dos gastos e sem reajuste salarial para os servidores.

No ano passado, a Proposta Orçamentária do governo gaúcho aprovada para 2019 estimava receitas de R$ 50,4 bilhões e despesas de R$ 57,8 bilhões, num R$ 7,4 bilhões. Além disso, previa 3% de correção para as despesas com pessoal e encargos sociais e os mesmos patamares atuais para as demais despesas correntes e investimentos. Esse reajuste não deve ocorrer com o documento elaborado pela gestão de Eduardo Leite.

Antes da protocolização, os números e diretrizes da LDO foram apresentados por Ranolfo Vieira Júnior e pelo chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, em café da manhã no Palácio Piratini. O encontro privado contou com na reunião representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, da Defensoria Pública e do Tribunal de Contas e da Procuradoria-Geral do Estado.

Mais notícias