Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Em busca de transparência, Comitê Rio 2016 adia cadastro para ingressos

Torcedor faria seu cadastro ainda no mês de novembro, mas opção por diálogo com órgãos de fiscalização reprograma cadastramento por ingressos olímpicos para janeiro. Torcedor faria seu cadastro ainda no mês de novembro, mas opção por diálogo com órgãos de fiscalização reprograma cadastramento por ingressos olímpicos para janeiro.

O torcedor interessado em se cadastrar para adquirir ingressos das Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016 terá que esperar mais um pouco. O Comitê Organizador Rio 2016 e o Comitê Olímpico Internacional (COI) resolveram dialogar com os órgãos de fiscalização do governo brasileiro (municipal, estadual e federal) todos os planos de vendas de ingressos antes que os mesmos sejam destinados ao público. Por conta disso, o cadastramento acontecerá apenas em janeiro de 2015. A Comitê Organizador tomou tal medida visando evitar problemas junto à justiça brasileira. A ideia é que todos os planos de venda tenham concordância dos órgãos fiscalizadores brasileiros, evitando problemas judiciais como aconteceu nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro e na Copa do Mundo de 2014. A tabela com os preços dos Jogos Olímpicos de 2016 já foi divulgada. Serão colocadas à venda 7,5 milhões de entradas, sendo que 3,8 milhões custarão até R$ 70. O entrada mais barata será de R$ 40, e a mais cara, a Cerimônia de Abertura do dia 5 de agosto: R$ 4.600. Os ingressos começam a ser alocados entre março e maio de 2015, com os pedidos sendo feitos. Em junho e julho serão sorteados, e a partir de setembro os ingressos que sobrarem serão colocados à venda. Em maio de 2016 os torcedores receberão os ingressos. O Comitê Organizador explica, porém, que a compra de ingressos não está condicionada ao cadastramento, agora previsto para janeiro do ano que vem. Os torcedores que se cadastrarem receberão informações privilegiadas por email, por exemplo, mas no ato da compra do ingresso, previsto para o primeiro semestre de 2015, entrarão na mesma "fila" de quem fizer seu cadastro desde já. Quem se cadastrar no primeiro momento, não passará informações como dados do cartão de crédito, o que acontecerá no segundo momento e deverá ser feito de uma vez só para quem optar pelo cadastro no segundo ato.(GE)Lucas Faustino 

Mais notícias