Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Deputados cobram de Lara uso de verba do Legislativo para eventos com servidores

Encontro promovido pelo presidente da AL, Luis Augusto Lara, nessa segunda-feira
Divulgação Divulgação

Deputados do Novo, do PT e do MDB estão cobrando do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luís Augusto Lara (PTB), explicações sobre o uso de verba institucional do Parlamento para a promoção de eventos que seriam relacionados ao mandato do petebista. Os eventos em questão são dois cafés da manhã realizados com parte de entidades representativas de servidores para defender que o dinheiro arrecadado com a venda de ações do Banrisul vá para o pagamento da folha do funcionalismo. Os cafés, que aconteceram nesta semana e na semana passada no Memorial do Legislativo, foram intitulados ‘Café da Manhã com o Presidente’ e seu chamamento incluiu distribuição de convites.

O Novo pediu informações sobre os custos dos dois eventos à Superintendência Administrativa e Financeira da Casa. Recebeu a confirmação de que o solicitante foi a Assembleia Legislativa e de que os cafés tiveram custo total de R$ 3,4 mil. No primeiro café da manhã, para 50 pessoas, em 12 de setembro, a empresa contratada recebeu R$ 1.428,50 para o fornecimento de 50 refeições, a um custo unitário de R$ 28,57. O segundo, em 16 de setembro, teve custo de R$ 1.999,90, para 70 refeições. O custo unitário foi o mesmo: R$ 28,57.

As cobranças foram objeto de debate entre os deputados das três siglas e o presidente na reunião de líderes da Assembleia desta semana, na terça-feira. Os parlamentares reclamaram que Lara se valeu da função de presidente para impulsionar uma pauta que não possui unanimidade no Legislativo. Deputados de diferentes siglas já haviam criticado a realização dos eventos por Lara como presidente, mesmo antes do levantamento dos custos. Na reunião, o petebista argumentou que os encontros estariam relacionados a sua atuação parlamentar.

Mais notícias