Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Cristal do Sul lança programas para desenvolvimento da agricultura

A bovinocultura de leite e de corte são atividades que também foram contempladas
Foto: Divulgação Emater/RS Ascar Foto: Divulgação Emater/RS Ascar

Pensando no desenvolvimento agrícola do município de Cristal do Sul, a Prefeitura e Emater/RS-Ascar lançaram na segunda-feira (20/05) dois programas municipais que visam o fomento da fruticultura e da bovinocultura de leite e de corte, atividades produtivas com viabilidade e retorno econômico para as famílias que vivem no meio rural. O lançamento dos programas aconteceu na Câmara de Vereadores e reuniu autoridades, lideranças e os produtores locais. Essa proposta conta com o apoio da Sicredi, Laticínios Frizzo e Stefanello e Cooper A1.

Durante o ato de lançamento, o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Valtemir Bazzeggio, apresentou a proposta do Programa Municipal de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Fruticultura. “O programa se fundamenta na realidade municipal, na potencialidade que o setor apresenta e nos benefícios que poderia trazer à economia e à população local. Constitui-se em um processo de qualificação das atividades e dos atores envolvidos e tem como finalidade a atualização e prática dos conhecimentos, garantindo a viabilidade técnica, econômica, social e ambiental na produção de frutas, através de iniciativas de implantação, ampliação e revitalização de pomares comerciais de frutas, sejam citros, uva ou outras espécies passíveis de comercialização no município”, explicou Bazzeggio. Nesse primeiro momento, o programa beneficiará dez produtores, através da disponibilização de recurso e orientação técnica.

A bovinocultura de leite e de corte são atividades que também foram contempladas com um programa municipal de incentivo, denominado Programa Municipal Mais Pasto Mais Leite e Carne. O técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Daniel Verdi, abordou a proposta, apresentando a realidade atual da atividade no município. A atividade leiteira sofreu uma diminuição, nos últimos anos, no número de produtores. A intenção das entidades com o programa municipal é estimular os agricultores a investir na atividade, de forma profissionalizada.

Para área do leite e da bovinocultura de corte, o programa municipal enfoca o desenvolvimento rural sustentável das atividades, visando o aumento da produtividade de leite e carne por área utilizada, produção à base de pasto, para garantir a geração de renda e mais qualidade de vida às famílias rurais. O programa será executado através de um processo de transferência de tecnologias já disponíveis, por meio de acompanhamento técnico na implantação e melhoria das pastagens perenes, buscando aumentar a produtividade, diminuir os custos e otimizar os recursos disponíveis.

Aproveitando o espaço, representantes da Prefeitura de Cristal do Sul fizeram um relato das políticas públicas, os custeios e investimentos que vem sendo realizados no município envolvendo a atividade leiteira. Outro ponto ligado ao programa municipal será a realização de capacitações através do Projeto de Assistência Técnica para Desenvolvimento de Sistemas Sustentáveis de Produção de Leite (SisLeite), realizado pela Emater/RS-Ascar. O assistente técnico regional de sistemas de produção animal da Emater/RS-Ascar, Valdir Sangaletti, apresentou os temas que serão desenvolvidos nas capacitações com os produtores, divididos em quatro módulos.

O primeiro módulo refere-se à qualidade do leite e as Instruções Normativas 76 e 77 novas regulamentações que destacam a qualidade do leite. Aproveitando a participação dos produtores, o tema foi trabalhado já nesta segunda-feira (20/05). Profissionais da Laticínios Stefanello e Laticínios Frizzo, trataram sobre qualidade do leite e regulagem das ordenhadeiras e sobre as IN 76 e 77. Os próximos módulos abordarão temáticas como solo, implantação e manejo de pastagens, planejamento forrageiro, necessidades fisiológicas do rebanho, reprodução, sanidade e criação das terneiras.

No primeiro momento, o programa municipal envolverá até dez produtores. Além dos recursos disponíveis, os produtores beneficiados contarão com visitas mensais, orientação, planejamento, controle da produção e do rebanho e manejo das pastagens. A Emater/RS-Ascar e a Prefeitura são os responsáveis pela organização e seleção dos produtores interessados. Durante o lançamento dos programas municipais, participaram do ato o prefeito de Cristal do Sul, Cezar de Pelegrin, e os gerentes do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Frederico Westphalen, Clairto Dal Forno e Mario Coelho da Silva.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico Westphalen - Jornalista Marcela Buzatto

Mais notícias