Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

CPERS Sindicato se mobiliza contra os projetos do IPE

Nesta terça-feira (13), projetos serão votados na Assembleia Legislativa
Foto: CPERS/Sindicato Foto: CPERS/Sindicato

O CPERS Sindicato mobilizou professores e funcionários de escola para a vigília contra os projetos do IPE, na Praça da Matriz, em Porto Alegre.

De acordo com a direção do sindicato , esse dia será o “Dia de Paralisação Estadual”, tendo como eixos: Defesa da Saúde, Contra o Pagamento Atrasado dos Salários e Auto-agenda com o governo Sartori.

Nesta terça-feira (13), na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei  212/17, que dispõe sobre o Sistema de Assistência à Saúde e sobre o Fundo de Assistência à Saúde será o primeiro projeto na pauta de votação. Conforme o CPERS, esse projeto se for aprovado representa o aumento de até 40% em consultas, exames, serviços e procedimentos, privatização e precarização dos atendimentos.

“O PL 212 é o projeto do IPE mais devasto para a categoria, se aprovado teremos que pagar 40% de coparticipação em todos os procedimentos. Temos colegas que fazem quimioterapia, com o nosso salário não temos condições de pagar esses valores absurdos. Essa terça nossa pressão em cima dos deputados tem que ser mais forte do que todas as outras vigílias. Vamos lutar até o fim pelo nosso IPE”, conclamou a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

Mais notícias