Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Covatti Filho é empossado presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura

Covatti Filho (PP/RS), enfatizou o comprometimento dos parlamentares em atuar em defesa dos interesses da categoria. “Vamos erguer a bandeira da carne suína”, conclamou. Covatti Filho (PP/RS), enfatizou o comprometimento dos parlamentares em atuar em defesa dos interesses da categoria. “Vamos erguer a bandeira da carne suína”, conclamou.

Na última quarta-feira, dia 27, durante a cerimônia de posse do Conselho da Associação Brasileira de Criadores de Suínos, ocorreu a instalação simbólica da Frente Parlamentar Mista da Suinocultura - oficializada no Congresso Nacional em abril, com o intuito de apoiar e defender os interesses da cadeia produtiva do setor.O presidente da Frente, o deputado federal Covatti Filho (PP/RS), enfatizou o comprometimento dos parlamentares em atuar em defesa dos interesses da categoria. “Vamos erguer a bandeira da carne suína”, conclamou.Formada por deputados e senadores, a Frente busca agregar força política para o aperfeiçoamento da legislação, a partir das comissões temáticas da Câmara e do Senado. Segundo Covatti, o grupo de parlamentares trabalha em busca de propostas e incentivos para o produtor, pela regulamentação da relação entre produtores e agroindústrias, e pela estabilidade econômica da suinocultura brasileira.“Este grupo de trabalho está afinado em prol dos suinocultores. Queremos defender e fortalecer o setor, além de oferecer segurança jurídica aos produtores”, explicou Covatti Filho. A principal proposta da Frente é que seja votado o Projeto de Lei nº 6459/2013, conhecido como PL da Integração, que trata das relações contratuais entre produtores integrados e agroindústrias integradoras.“Estamos mobilizados para criar esse marco regulatório da cadeia produtiva da integração agropecuária, para que haja equilíbrio e proteção, especialmente para a parte mais fraca da relação, que é o produtor”, disse o deputado.Conselho Administrativo da ABCSEm cerimônia marcada por homenagens e pelo reconhecimento do setor ao trabalho da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) em prol da suinocultura, o Conselho de Administração da entidade tomou posse com amissão de conduzir a entidade no biênio 2015/2017.O presidente Marcelo Lopes, à frente da Associação Nacional pela terceira vez, destacou os avanços da suinocultura brasileira, responsável pela 4ª maior produção mundial, e lembrou as conquistas recentes como o reposicionamento estratégico e político da associação e aumento do consumo da carne suína. (Nelson Buzatto) 

Mais notícias