Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Corpo encontrado às margens de rodovia em FW não apresentava marcas de agressão

Chegada da perícia ocorreu somente cerca de seis horas após a localização do corpo do taxista Antônio Frighetto Chegada da perícia ocorreu somente cerca de seis horas após a localização do corpo do taxista Antônio Frighetto

Somente cerca de seis horas após a localização do corpo do taxista Antônio Frighetto, que estava às margens da ERS 150 em Frederico Westphalen, ocorreu a chegada da equipe de Perícia. Os agentes chegaram ao local exatamente às 15h13min, sendo que o corpo foi localizado por volta das 10h30min. Como a vítima encontrava-se de bruços e o local foi preservado até a chegada da perícia, não havia qualquer informação sobre a provável causa da morte. Após o trabalho de verificação, constatou-se que o corpo não apresentava sinais de defesa ou agressão, seja por arma de fogo ou branca. Segundo o Delegado de Polícia Civil, Eduardo Ferronato Nardi, não foi localizado dinheiro tanto com a vítima, como no veículo. Conforme familiares, o taxista de 73 anos que atuava no ponto de táxi nas proximidades da Praça da Matriz, saiu para trabalhar por volta das 5 horas. A Polícia Civil investiga o caso e não descarta qualquer possibilidade, desde o latrocínio – roubo seguido de morte, ou outra circunstância específica. Lucas Faustino 

Mais notícias