Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Corpo de Gugu Liberato é sepultado em São Paulo

Familiares, amigos e fãs prestaram última homenagem ao artista

O corpo do apresentador Gugu Liberato foi sepultado nesta sexta-feira no jazigo da família, no Cemitério Getsêmani, zona Oeste de São Paulo. O corpo chegou ao local às 11h23min e veio em carro aberto no Corpo de Bombeiros desde a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), onde foi feito o velório do artista, que reuniu milhares de pessoas. Familiares e amigos de Gugu chegaram ao local do sepultamento em vans, por volta das 11h30min.

Durante o sepultamento, os filhos do apresentador e a companheira estiveram sentados próximos ao caixão. Sob forte aplauso e músicas que marcaram a carreira de Gugu Liberato, os fãs também marcaram presença na cerimônia, prestando uma última homenagem. Algumas pessoas chegaram a invadir áreas isoladas para tentar uma maior aproximação. A maior parte dos admiradores, no entanto, acompanhou no entorno das grades. 

A morte de Gugu foi anunciada pela família na última sexta-feira.O comunicador da Record TV estava internado desde a quarta no hospital Orlando Health, nos Estados Unidos, após ter sofrido uma queda de 4 metros de altura em sua residência. Na ocasião, ele tentava consertar um aparelho de ar condicionado no sótão.

O corpo de Gugu chegou ao Brasil nessa quinta-feira. O processo de repatriação foi mais demorado porque, atendendo a um pedido do artista, a família autorizou a retirada de órgãos. No domingo, o instituto médico legal de Orlando concluiu a cirurgia, que durou seis horas. O procedimento irá beneficiar ao menos 50 pessoas. 

Trajetória

Antônio Augusto Moraes Liberato nasceu em São Paulo e se consagrou um dos apresentadores mais celebrados da televisão brasileira. Começou a carreira no SBT, ainda adolescente, trabalhando na produção do Domingo no Parque, de Silvio Santos O primeiro grande sucesso de auditório na televisão dele foi o Viva a Noite, exibido aos sábados, entre 1982 e 1992. Em 1988, começou a dividir a grade de domingo do SBT com Silvio Santos, no comando de programas como Passa ou Repassa e TV Animal.

Entre 1993 e 2009, Gugu encabeçava no Domingo Legal uma acirrada disputa de audiência com o Domingão do Faustão, da Globo. Simultaneamente, entre 1991 e 1996, ainda apresentou o Sabadão Sertanejo, posteriormente substituído pelo Sabadão (1997 – 2002).

A estreia na Record TV aconteceu em agosto de 2009, no dominical Programa do Gugu (exibido até junho de 2013). Um dos destaques foi o quadro Escolinha do Gugu, inspirado na Escolinha do Professor Raimundo.  O humorístico resgatou personagens clássicos, além de novos atores no elenco.

Em fevereiro de 2015, ele voltou ao ar na emissora, desta vez às quartas-feiras, no Gugu. A atração ficou no ar até 2017. Já em 2018, o apresentador assumiu como titular do Power Couple Brasil e comandou a estreia do Canta Comigo. A segunda temporada ainda está no ar na emissora, com a final marcada para 4 de dezembro. A atração já foi totalmente gravada e a Record TV decidiu exibir .

Além da carreira na TV e inspirado no sucesso dos Menudos, na década de 1980, Gugu lançou os grupos Dominó e Polegar. Ainda na área musical, lançou quatro álbuns: Viva a Música (1986), Gugu (1994), Gugu cantando Com Você (1999) e Gugu Para Crianças (2002). No cinema, fez participações ao lado de nomes como Xuxa e Os Trapalhões.

 

Foto: Joyce Ribeiro / R7

Mais notícias