Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Conmebol pede à Fifa que adie eliminatórias para Mundial de 2022

Jogos devem começar no dia 26 de março e equipes sul-americanas podem não contar com atletas que atuam na Europa
Norberto Duarte / AFP / CP Norberto Duarte / AFP / CP

As dez federações da Confederação Sul-Americana de Futebol pediram nesta quarta-feira à Fifa que adie o início das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Qatar 2022 devido à pandemia de coronavírus.  As eliminatórias devem começar no dia 26 de março, e as seleções sul-americanas correm o risco "de não poder contar com jogadores convocados que estão na Europa, em razão de que alguns atuam em países com alto índice de contagio", que ficariam submetidos à quarentena, impossibilitados de representar suas seleções nacionais, adverte a carta enviada pela Conmebol dirigida à secretária-geral da Fifa, Fatma Samour. 

PUBLICIDADE

Diante da situação, as dez federações "solicitam à Conmebol apresentar à Fifa o pedido de adiamento do início das eliminatórias para o Mundial". Apenas na seleção argentina, o técnico Lionel Scaloni convocou seis jogadores que atuam na Itália, país europeu mais afetado pela pandemia. O calendário das eliminatórias sul-americanas prevê duas rodadas iniciais, em 26/27 de março e em 31 do mesmo mês.

Como prevenir o contágio do coronavírus 

De acordo com recomendações do Ministério da Saúde, há pelo menos cinco medidas que ajudam na prevenção do contágio do novo coronavírus:

• lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool gel.

• cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

• evitar aglomerações se estiver doente.

• manter os ambientes bem ventilados.

• não compartilhar objetos pessoais. 

Mais notícias