Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Buscas a jovem desaparecido no rio Uruguai terão reforço da Marinha

Rio Uruguai está três vezes acima do normal e forte correnteza atrapalha localização de estudante

As buscas ao jovem de 19 anos desaparecido após um naufrágio no rio Uruguai, entre as cidades de Itapiranga, em Santa Catarina, e Barra do Guarita, no Rio Grande do Sul, ganharão o reforço da Marinha do Brasil, que trará duas embarcações para auxiliar na localização do estudante. 

O capitão do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina Diogo Battaglin, responsável por liderar a operação de resgate, relatou que o rio Uruguai está três vezes acima do normal no momento. Outra condição que dificulta é a coloração da água, bastante escura e com forte correnteza. 

Battaglin comentou que as buscas são realizadas em um trecho de 16 quilômetros, até onde inicia o Salto do Yucumã. Por questões de segurança, os socorristas atuam pelas laterais do rio. Um colete salva vidas, uma boia rígida e dois galões de combustível foram encontrados ainda durante a madrugada, aproximadamente a 10 quilômetros do naufrágio. Um helicóptero fez sobrevôos nas primeiras horas da manhã de hoje por quase toda extensão, mas não pôde avançar mais por conta da neblina. 

Naufrágio 

O naufrágio da embarcação que transportava 13 estudantes, além do piloto, ocorreu por volta das 23h dessa quarta-feira. A travessia era realizada no sentido Itapiranga-Barra do Guarita e normalmente é feita em cinco minutos, num trecho que tem 800 metros de extensão. O barco teria afundado depois que a forte correnteza provocou ondas. Os passageiros estudam na Unidade Central De Educação Faem Faculdade (UCEFF).

Segundo o Corpo de Bombeiros de Itapiranga, os passageiros relataram que ninguém estava com colete salva vidas no momento do acidente. Uma mulher que estava na embarcação teria sofrido um ferimento na cabeça, mas já estaria fora de perigo assim como o restante dos estudantes que conseguiram sair do rio Uruguai. 

UCEFF divulga nota oficial

“A UCEFF lamenta profundamente o ocorrido na noite desta quarta-feira, 6 de novembro, quando uma embarcação afundou no Rio Uruguai, deixando um acadêmico da Instituição desaparecido. A UCEFF se solidariza com as buscas e presta total apoio aos familiares. Cabe destacar que a UCEFF preza pela segurança no transporte de seus acadêmicos, disponibilizando gratuitamente embarcação apropriada, regular e segura para as travessias que, infelizmente, nesse caso não foi a utilizada. A UCEFF permanece à disposição para prestar todo o auxílio necessário, lamentando, mais uma vez, o ocorrido”, manifestou-se. “Em virtude do acontecido, a UCEFF cancela as atividades do curso de Agronomia nesta quinta, sexta-feira e sábado. Os demais cursos terão suas atividades mantidas”, concluiu.

São José do Norte 

Em São José do Norte, em território gaúcho, outra embarcação com sete tripulantes afundou nesta quinta-feira. Corpos de três pessoas foram encontrados pela Marinha do Brasil. O Comando do 5º Distrito Naval relatou que o acidente ocorreu por volta das 6h40min e ainda deixou um desaparecido. As três vítimas teriam sido encontradas sem vida na praia do Cassino. 

A embarcação pesqueira naufragou entre a praia de Sarita e o Farol de Sarita. Logo após a comunicação do desaparecimento do barco, uma aeronave e uma embarcação da Marinha do Brasil auxiliaram no resgate de três pessoas que sobreviveram.

 

 Foto: Bombeiros de Itapiranga

Mais notícias