Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Artesãos da região comercializam seus produtos na Feira em Frederico Westphalen

“A Feira serviu para mostrar e valorizar o trabalho realizado pelas famílias rurais, oportunizando a comercialização, como forma de agregar renda “A Feira serviu para mostrar e valorizar o trabalho realizado pelas famílias rurais, oportunizando a comercialização, como forma de agregar renda

Uma grande diversidade de produtos artesanais foi comercializada na Feira Regional da Agricultura Familiar, Agroindústria, Artesanato e Biodiversidade, no Parque de Exposições Monsenhor Vitor Batistella, em Frederico Westphalen, desde sexta-feira (23/10). Ao todo, foram 50 artesãos, de 24 municípios, expondo produtos feitos em fibra de bananeira, palha de trigo e milho, pedras, penas, tecidos, artesanato em pedras, entre outros materiais.“A Feira serviu para mostrar e valorizar o trabalho realizado pelas famílias rurais, oportunizando a comercialização, como forma de agregar renda. As vendas do artesanato superaram as expectativas. Vemos que os artesãos estão satisfeitos com o resultado deste fim de semana”, comentou a assistente técnica regional social da Emater/RS-Ascar, Marlete Peroza Piaia.A Emater/RS-Ascar trabalha nos 42 municípios das regiões Médio Alto Uruguai e Rio da Várzea com o artesanato, como forma de geração de renda e bem-estar para muitas famílias rurais e urbanas.Artesanato IndígenaFamílias indígenas dos municípios de Nonoai, Iraí, Lajeado do Bugre, Ronda Alta, Rio dos Índios, Liberato Salzano e Tentente Portela participaram da Feira Regional da Agricultura Familiar, Agroindústria, Artesanato e Biodiversidade, comercializando os diversos produtos artesanais produzidos em seus municípios.As famílias de Nonoai, por exemplo, são beneficiárias do Programa Brasil Sem Miséria. Para grande parte dessas famílias, o projeto produtivo desenvolvido com o recurso do Programa foi utilizado para financiar materiais e equipamentos para produção de artesanato, forte atividade entre o público indígena. “A Feira serve de vitrine para mostrar as peças produzidas por eles e também é uma forma de valorizar essa rica cultura que temos na região”, completou Marlete.Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Frederico WestphalenJornalista Marcela Buzatto(Nelson Buzatto) 

Mais notícias