FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

Ameaçada de extinção, espécie cachorro-vinagre é visto no Parque Estadual do Turvo

A espécie foi vista pela primeira vez no Rio Grande do Sul
Cachorro-vinagre foi registrado pela primeira vez no RS — Foto: Anderson Cristiano Hendgen e Ademir Fick/arquivo pessoal. Cachorro-vinagre foi registrado pela primeira vez no RS — Foto: Anderson Cristiano Hendgen e Ademir Fick/arquivo pessoal.

Uma espécie ameaçada de extinção foi vista pela primeira vez no Rio Grande do Sul. O animal, chamado de cachorro-vinagre, foi localizado em julho, no Parque Estadual do Turvo, uma das Unidades de Conservação administradas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema).

De acordo com o gestor do local, Rafael Diel Schenkel, essa espécie, difícil de ser observada em campo, é considerada rara.

O animal possui pequenas orelhas arredondadas, pernas e cauda curtas e coloração marrom. A dieta é exclusivamente carnívora. A espécie é considerada, predominantemente, florestal.

O cachorro-vinagre é classificado como vulnerável pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio). Na Mata Atlântica, os únicos registros são dos estados de São Paulo e Paraná. As principais ameaças à espécie são a perda e a degradação de habitat causada por desmatamento, adensamento humano e doenças como raiva.

O registro foi realizado durante uma atividade de monitoramento de fauna. Dois indivíduos da espécie foram avistados e fotografados pelo biólogo e guarda-parque, Anderson Cristiano Hendgen, e o estagiário, Ademir Fick.

A espécie não consta na lista de mamíferos do Rio Grande do Sul e não havia informações atuais ou históricas sobre sua ocorrência no estado, o que torna o registro motivo de comemoração pelos pesquisadores.

O Parque Estadual do Turvo, localizado na Região Norte do estado, é o maior e mais representativo fragmento de Mata Atlântica do Rio Grande do Sul.

(Fonte: G1-RS)

 

Mais notícias