Ouça Agora

95.9 FM / AM 1160

Agricultor desaparecido foi vítima de latrocínio em Soledade

Investigação policial elucidou crime com a prisão de dois assaltantes

A Polícia Civil esclareceu o desaparecimento do agricultor Ivânio Bernardes Ortiz, 58 anos, ocorrido em Soledade. Ele foi vítima de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. Na manhã desta segunda-feira, a diretora da 24ª Delegacia de Polícia Regional do Interior, delegada Fabiane Bittencourt explicou que os dois autores do crime foram presos no domingo e apontaram o local onde estava o corpo, encontrado na localidade de Santa Bárbara. “A vítima foi morta porque era conhecida de um deles”, observou. Além de duas facadas no peito recebidas no lugar onde foi deixado, Ivânio Ortiz havia recebido uma paulada na cabeça dentro da residência na localidade de São Lucas.

Segundo a delegada Fabiane Bittencourt, o crime ocorreu na sexta-feira passada, mas o desaparecimento foi comunicado pela família no sábado. “Trabalhamos no final de semana com a expectativa de que ele estivesse vivo”, lembrou. A investigação seguiu a linha de assalto pois a moradia estava toda revirada e vários objetos e pertences da vítima haviam sumido. Um Fiat Weekend e um Chevrolet Montana também foram roubados, sendo os veículos encontrados depois de abandonados.

A partir da identificação dos dois criminosos, sendo que um com extensa ficha de antecedentes, os agentes da DP de Soledade efetuaram as prisões na noite de domingo. Um dos bandidos foi detido no Expedicionário. Já o cúmplice foi capturado na cidade de Barros Cassal. Eles confessaram e admitiram que a vítima foi morta para não reconhecê-los. Além da Polícia Civil, a Brigada Militar havia sido também mobilizado após o desaparecimento do agricultor. O inquérito será agora finalizado pela delegada Fabiane Bittencourt, que ainda aguardam os laudos do Instituto-Geral de Perícias.

Mais notícias