FM 95.9 -FM106.5

AM 1160

DAÍ DEVEMOS EM PRIMEIRO LUGAR SABER QUE A INSPIRAÇÃO DIVINA SE DÁ NO MEIO DA SUA CULTURA

DIA 13 DE JUNHO DE 2021 FESTA DE SANTO ANTÔNIO NA CATEDRAL DE FREDERICO WESTPHALEN/RS
Vídeo

Meus amigos e minhas amigas!

Louvado seja Jesus Cristo,

Que nos ama.

Em primeiro lugar,

Devemos saber

Que a inspiração divina

Se dá por meio

                                               -94-

Do arcabouço cultural

E das limitações pessoais

Do escritor sagrado.

Nesse sentido,

Uma das características

Da linguagem semita

Era o uso de hipérboles;

Dada a sua vivacidade,

O israelita era muito propenso

Às expressões fortes,

Exageradas

E contrastantes.

Daí ocorrerem

No Antigo Testamento,

Principalmente nos Salmos,

Fórmulas em que o autor sagrado

Ou outro personagem

Deseja mal àqueles

Que o angustiam.

Ou seja,

Eles procuravam mostrar

Qual o caminho reto,

Mas faziam isso

Imbuídos de toda

A sua carga cultural.
Tal postura ainda

É mais patente

Pelo fato de que

                                               -95-

Não diferenciavam

Entre a pessoa

Que fazia o mal

E o mal em si.

Desconheciam o adágio

Retirado por Santo Agostinho

Da Lei aperfeiçoada

E definitiva (o Evangelho):
“Odeia o pecado, mas ama o pecador”.

A Sagrada Escritura

É patrimônio da Igreja,

Sua penetração,

Sendo função da fé na Encarnação,

Não pode deixar também

De estar intimamente associada

À fé vivida eclesialmente.

O Novo Testamento

Não é “complemento” do Antigo,

Mas ápice.

O que é Ápice?

O ponto mais elevado;

Vértice,

Cume,

                                               -96-

Cimo. 
O mais alto grau;

O apogeu.

O dedo de Deus na Bíblia

Só se torna visível

A quem considere a direção geral

Da mesma

Ou a quem observe as fases

Da história bíblica se encaminhando

Aos poucos para um termo único:

O Messias.

Isto é particularmente belo,

Pois para tal convergência

Deus não violenta a natureza humana:

A miséria humana

Atua sem pudor no Antigo Testamento,

Perfazendo uma base

Para a plena manifestação do Bem.

O Deus do Antigo Testamento

É Jesus (que é a Revelação).

De acordo com os estratos

Mais antigos do Antigo Testamento,

A experiência de Deus

                                               -97-

Primeiramente se dá

Como uma experiência familiar:

Deus é o Deus dos pais,

O Deus de Abraão,

De Isaac

E de Jacó.

Deus escolhe a família

Para si

E mantém relações pessoais

Com ela

E promete-lhe descendência [Cf. Gn 46,3].

Entretanto, a experiência decisiva

De fé no Antigo Testamento

Se dá por ocasião

Da libertação da escravidão

Do povo hebreu do Egito,

Da Aliança estabelecida

No Sinai

E da promessa da terra de Canaã.

É nesse acontecimento,

A libertação do Egito,

A Aliança e a promessa da terra,

Que Israel experimenta

                                               -99-

Com vigor inédito

A ação de Deus

Em seu favor

E se constitui

Como o povo da Aliança.

O nome do Deus

Que liberta o povo

com poder e majestade,

É Iahweh [Cf. Ex 3,14].

Segundo a tradição javista,

O culto a Iahweh remonta

Aos tempos anteriores ao dilúvio [Cf. Gn 4,26].

Pela tradição sacerdotal,

Iahweh ter-se-ia dado a conhecer

Aos patriarcas

Com o nome de El-Shaddai [Cf. Gn 17,1; Ex 6,2-3]

Para o texto de Ex 3,12ss,

de tradição eloísta,

Mais notícias